07 a 17/06/11 - 13º Salão FNLIJ do Livro para Crianças e Jovens

Terminou, nessa última sexta-feira, dia 17 de junho, o 13º Salão FNLIJ do Livro para Crianças e Jovens. Essa tradicional festa literária, no Rio de Janeiro, aconteceu no Centro de Convenções Sulamérica, no Estácio. Estive lá nos dias 7, 8, 10, 13, 15 e 17, conversando com amigos escritores, ilustradores e editores e com um monte de gente bacana que trabalha com palavras e imagens. Aproveitei para lançar o "Festa do Calendário", meu quarto livro pela editora RHJ, no dia 08, e autografar e pedir autógrafos para a primeira antologia da AEILIJ, "Trem de Histórias" (Caki Books), que organizei, e que conta com a participação de 37 escritores e ilustradores da Associação. 
Adoro esse evento. Não há melhor lugar para autores de literatura infantil e juvenil do que o Salão FNLIJ. Sugiro que todos o visitem no ano que vem. Aliás, ouvi falar que o próximo tem início em 18 de abril, dia Nacional do Livro Infantil e nascimento de Monteiro Lobato. Legal, não é?  

07/06/11 - Com o escritor Adriano Messias, a ilustradora Cris Alhadeff e o escritor Edson Bueno

07/06/11 - Cris ao lado de sua prancha na Expo Formas e Cores, da AEILIJ

07/06/11 - Estande da AEILIJ

07/06/11 - Com os ilustradores Carla Pilla, Cris Alhadeff e Felipe Vellozo

07/06/11 - Com Rogério Andrade Barbosa, Felipe Vellozo, Sandra Pina, Cris e Anielizabeth

08/06/11 - Lançamento do livro "Festa do Calendário"
Foto de Ana M M Pereira

08/06/11 - Lançamento do livro "Festa do Calendário"
Foto de Ana M M Pereira

08/06/11 - Lançamento do livro "Festa do Calendário"
Foto de Ana M M Pereira

08/06/11 - Lançamento do livro "Festa do Calendário"
Foto de Ana M M Pereira

08/06/11 - Lançamento do livro "Festa do Calendário"

08/06/11 - Lançamento do livro "Festa do Calendário"

08/06/11 - Lançamento do livro "Festa do Calendário"

08/06/11 - Lançamento do livro "Festa do Calendário"

08/06/11 - Lançamento do livro "Festa do Calendário"

08/06/11 - Lançamento do livro "Festa do Calendário"

08/06/11 - Lançamento do livro "Festa do Calendário"

08/06/11 - Lançamento do livro "Festa do Calendário"

08/06/11 - Lançamento do livro "Festa do Calendário"

08/06/11 - Com Cris Alhadeff e Camila Cabete, da Caki Books

08/06/11 - Turminha posando para fotos na frente da Expo Formas e Cores, da AEILIJ

08/06/11 - Camila, Alex e Kim, da Caki Books. Os livros chegaram!

08/06/11 - Com Nina, Cris e Guigo no estande da RHJ
Foto de Ana M M Pereira

08/06/11 - Cris, Ana M M Pereira e Alex

08/06/11 - Felipe Vellozo, Ana Cristina Melo, Sandra Ronca, eu e Cris

08/06/11 - com Marilia Pirillo, Cris, Sandra Ronca, Sandra Lopes, Guigo e Nina

10/06/11 - Entrada do Salão

10/06/11 - Cris Alhadeff, Fabiana Salomão e eu

10/06/11 - Com Alessandra Pontes Roscoe e Cris Alhadeff

10/06/11 - Rosa Amanda Strausz, Marilza Conceição, Rogério Andrade Brbosa, Anielizabeth, Alex, Luiz Antonio Aguiar e Felipe Vellozo no estande da AEILIJ

10/06/11 - Alex, Elma e Cris

10/06/11 - Cris, Erika e Gil (Editora do Brasil), Sandra e eu

10/06/11- Ana Paula (Roedores de Livros), Alessandra Roscoe e Cris Alhadeff

10/06/11 - Marilza Conceição, Marilia Pirillo, Cris Alhadeff, Alex Gomes, Zé Zuca e Sandra Pina

10/06/11 - Cris, André Neves e eu

10/06/11 - Cris, Alex e professoras da Escola Especial Francisco de Castro

10/06/11 - Marisa Borba lendo o "Trem de Histórias"

10/06/11 - Zé Zuca, Marilza Conceição, Sandra Pina, Anna Claudia Ramos, Fabiana Salomão, Anielizabeth, Alex, Sandra Ronca e Miriam

10/06/11 - A turma toda antes de partir para a noite de sexta

10/06/11 - com Alessandra, Cris e Marilza no Belmonte do Leblon

13/06/11 - Cris em um ataque de beijos

13/06/11 - JP Veiga, Sadra Pina, Anna Claudia Ramos, Carla Pilla, Lupe, Alex e Cris

13/06/11 - Com Cris e Anna Claudia na frente da entrada do Salão

17/06/11 - Rafael, editor da RHJ, com os escritores Miguel Carvalho, Ronaldo Guimarães e Alexandre de Castro Gomes, que lançaram livros pela editora, durante o 13 Salão.

17/06/11 - Sei que nao sou ilustrador, mas mesmo assim rabisquei um baterista no estande da AEILIJ. A Fabiana Salomão e o Jô Oliveira nao precisavam me humilhar, nao e? 

17/06/11 - Com minha amiga e grande escritora Cristina Villaça
Foto de Ana M M Pereira

17/06/11 - Os autógrafos que consegui no "Trem de Histórias"

Tecer Girassóis

Não sei se todos vão concordar comigo, mas acho que quando fazemos um trabalho com carinho, entusiasmo e competência, sempre acaba atraindo pessoas boas para junto da gente, não é?

Pois comigo aconteceu justamente isso. Crio as minhas histórias com carinho, procuro me cercar de gente competente e me sinto muito feliz em poder oferecer fantasia para os leitores. Bem, com esse trabalho de formiguinha, consegui atrair a atenção da Renata Holanda, criadora do blog Tecer Girassóis (http://tecergirassois.blogspot.com) que mora lá em Recife. Renata é formada em Letras, tem Mestrado em educação, é contadora de histórias, professora de língua portuguesa e trabalha com formação de professores. Há menos de um mês ela me contactou e me perguntou se eu gostaria de ser parceiro do blog Tecer Girassóis. Dei uma olhada no trabalho da moça e gostei muito. Pedi para a editora RHJ enviar alguns livros, darei entrevista e com isso ganhei uma parceira e uma amiga. Aliás uma só, não. Por intermédio da Renata, conheci a Ana M M Pereira no 13º Salão FNLIJ, que foi lá para "cobrir" o evento para o Tecer Girassóis e para o seu próprio blog, Ler ou não Ser. A Ana assistiu à minha conversa com as crianças durante o lançamento do "Festa do Calendário". Depois conversamos um pouco, autografei livros e tiramos fotos. Gente finíssima. Aliás, a Ana me presenteou com as melhores fotos do dia, que depois publicarei aqui, junto com outras.

Convido a todos para conhecer o blog da Renata. O Tecer Girassóis está promovendo uma #PromoFesta, que dá a possibilidade do visitante ganhar livros e outros brindes. Para participar da Promo Festa do Calendário, é necessário seguir o meu blog, seguir o blog TG, comentar na postagem que está em http://tecergirassois.blogspot.com/2011/06/especial-fnlij-lancamento-do-livro.html e preencher um formulário. Quem quiser preencher novos formulários e ter mais chances para ganhar o prêmio, poderá escrever posts no Twitter, adicionar a editora RHJ ao Facebook e outros. Saiba mais aqui.

Jun/2011 - Folha Carioca

Tem pessoas que alegram nosso dia só com um sorriso, um aceno. Pois assim é o jornalista Oswaldo Miranda, hoje com 92 anos de idade e com uma energia que bota muita gente no chinelo. Oswaldo é um vizinho querido, simpaticíssimo, jornalista da velha guarda, que até hoje mantém uma coluna mensal no Folha Carioca. Começou sua carreira na revista infantil Tico-Tico, cobriu o circuito da Gávea em 1935, publicou o primeiro furo de reportagem ao descobrir o projeto do embrião da atual Av. Brasil, trabalhou na Tribuna de Petrópolis, Gazeta de Notícias, Última Hora, Radiolândia, Rádio Tupi, TV Rio, foi repórter policial, foi acusado pelo Carlos Lacerda de comunista, cantou modinhas, teve músicas gravadas no Brasil e México, ajudou a criar uma rádio em Petrópolis, teve participação na criação do "Show sem Limite" e não parou mais. Conheceu o Cauby em início de carreira, Nelson Rodrigues, Oto Lara Resende, Chateaubriand, Roquete Pinto, Roberto Marinho, J Silvestre, Flávio Cavalcante, Marechal Dutra, Getúlio Vargas, José Linhares e um monte de gente que conhecemos através de placas nas ruas.

Pois não é que o Oswaldo (esse mesmo que fez tudo isso que eu disse aí) um dia me parou e perguntou se poderia escrever sobre o meu trabalho com a Cris no Folha Carioca? Imagine a minha cara! Oswaldo é "o cara"!

Sempre nos cruzamos pelo prédio, subindo e descendo em elevadores, encontros a caminho do supermercado e coisa e tal. Todo dia um sorriso, uma graça com as crianças. Sou fã de sua coluna, que leio todos os meses, saboreando o resgate de memórias da cidade, que só ele mesmo sabe mostrar, que poucos viveram como ele, ali, ao lado da notícia. O povo pode ter memória curta, mas não o Oswaldo.

Hoje recebi a revista. Fiquei emocionado com as palavras e com o carinho do velho jornalista. Página inteira. Foto da Cris e eu com as crianças. "Condomínio dos Monstros" e "Festa do Calendário". Maneiríssimo! Obrigado, Oswaldo Miranda!  

Para quem não conhece, o Folha Carioca é uma revista gratuita, que nasceu na Gávea, cresceu no Leblon e hoje está presente em toda a Zona Sul do Rio de Janeiro. São 8 mil exemplares distribuídos em pontos estratégicos e lidos por cariocas participativos, que debatem suas questões e agem por uma melhor qualidade de vida. (www.folhacarioca.tk).  

Palavra Fiandeira

O blog Palavra Fiandeira (http://palavrafiandeira.blogspot.com), criado por Marciano Vasques em 25 de outubro de 2009, virou revista bimestral! A primeira edição da Revista Palavra Fiandeira (mai/jun 2011) traz entrevistas com José Xavier Cortez (eu não sabia que a Cortez quase investiu em livros de auto-ajuda ou religiosos), Tatiana Belinky, Rocío L'Amar, Carolina Carriço, Jota Ene e outras ilustres pessoas envolvidas com a palavra. Clique aqui e confira:

Para quem não sabe, o blog Palavra Fiandeira foi criado para ser "...um espaço essencialmente democrático, de liberdade de expressão, onde transitam diversas linguagens e diversos olhares, múltiplos olhares, um plural de opiniões e de dizeres..."

Essencialmente um blog de entrevistas com escritores, artistas, intelectuais e pessoas envolvidas com o mundo literário, o PF chegou a 61 entrevistas em pouco mais de 1 ano e meio de existência. É possível conhecer detalhes sobre as vidas de brasileiros como Bartolomeu Campos de Queirós, Glória Kirinus, Márcia Kupstas e outros, além das de literatos pelo mundo afora. 

Marciano Vasques conta com preciosas colaborações para o sucesso do blog e da revista. Além do jornalista Danilo Vasques, o PF possui correspondentes no Brasil, Chile, Portugal, Uruguai e Guatemala.

Há muita informação bacana no Palavra Fiandeira. Para quem está começando, é uma bela chance de conhecer o trabalho de tanta gente importante. Quais as maiores dificuldades que enfrentaram? Quais as soluções? Aprender através do relato dos outros e de alguma forma utilizar as lições para si mesmo é uma ótima maneira de evitar frustrações e alcançar o sucesso. Vale saborear com calma.

Vida longa à Revista Palavra Fiandeira!