quarta-feira, 18 de março de 2020

Resenha de Origens por Dinair Fonte (Cátedra)

Mar/2020 - 
Cinco recordações compõem esse livro original: narrativas de cinco escritores  que revisitam o passado de seus familiares no Líbano, Japão, Portugal, Brasil e África antes da migração. Contam a partida de suas terras natais, a chegada em novos lugares em  contato com novas culturas. Em cada capítulo há um convite a fazer um mergulho na memória afetiva dos autores, e a refletir sobre histórias de perdas, de alegrias, de nascimentos, de despedidas, de amor, com as quais o leitor pode se identificar.
(Dinair Fonte)


Memórias de um aluno totalmente dividido

Editora: Paulus
Coleção: Série TEENS
Categoria: Juvenil
ISBN: 978-85-349-5123-4
1ª edição: 2020
Encadernação: Brochura
Formato: 13,5x21 | 120 páginas
Ilustrações: Veruschka Guerra


– Não sei, Malu. O pai do Bené é o técnico do time. Agora que consegui a vaga no gol, não acho que seja uma boa ideia. E se eu for barrado?
– Você está brincando, não é? Vai me abandonar logo agora? Onde está o seu senso de lealdade?
– Pois é. Isso me incomoda. Mas a lealdade ao time é importante também. O professor Geraldo nos disse que...
– Não me interessa o que ele disse, Mosquito! Família primeiro!

domingo, 15 de março de 2020

Origens no Clube Quindim

É tão bacana ver o caminho que seu trabalho faz. Cada livro tem uma história e a do Origens está cada vez mais bonita. Foi destaque na revista Seleções, foi selecionado para o catálogo de Bolonha da FNLIJ, recebeu o selo da Cátedra UNESCO da PUC-Rio e agora foi escolhido pelo Clube Quindim de leituras para ser distribuído aos seus assinantes.
Obrigado, todos!


Cinco escritores e conhecer as particularidades de suas experiências no Brasil. A obra celebra a DIVERSIDADE que forma nossa população e a cultura dos povos que aqui fizeram um lar. É importante manter VIVA a memória daqueles que conseguiram contar sua HISTÓRIA!


sábado, 14 de março de 2020

Chegaram meus exemplares de Memórias de um aluno totalmente dividido!

Chegou o meu primeiro lançamento do ano! "Memórias de um aluno totalmente dividido", com lindas ilustras da Veruschka Guerra, conta a história de um garoto que se vê dividido entre apoiar a irmã ou o capitão do seu time em uma disputa que envolve toda a escola.
O livro já está disponível para a compra no site da Editora Paulus.
Amei a edição!
Ah! Tem algumas passagens que foram inspiradas na escola onde estudei. Quem é da época reconhecerá!


sábado, 7 de março de 2020

Entrega dos selos da Cátedra UNESCO da PUC-Rio

Ontem foi a entrega dos selos da Cátedra Unesco da PUC-Rio para os livros, autores e editores premiados de 2019. Fiquei honrado em receber pela publicação de Origens, ao lado de colegas que esbanjam talento. Meu agradecimento à Cátedra pela festa tão bonita e necessária que proporcionaram. Não poderia ser melhor.























segunda-feira, 3 de fevereiro de 2020

Citação na UERJ

Hoje a minha amiga e escritora talentosa Flávia Côrtes começou o dia mestranda e terminou mestre pela UERJ. Parabéns, Flávia, e obrigado por me citar na sua dissertação! Quanto mais na companhia de autores que eu muito admiro.
Foi uma tarde muito bacana.
Abração!




Origens ganha selo da Cátedra UNESCO da PUC-Rio


Que beleza! Origens foi agraciado com o selo da Cátedra Unesco de Leitura como um dos destaques de 2019. Estou feliz da vida com esse livro lindo que compartilho com os amigos autores André Kondo, Eliane Potiguara, Fabio Maciel, Luis Eduardo Matta e Sonia Rosa. Um trabalho de edição belíssimo da Editora do Brasil, com os queridos Gil Vieira Sales, Paulo Fuzinelli, Aline Martins e equipe.
Fico em estado de graça com tudo que esse livro já conquistou (essa semana entrou no Catálogo de Bolonha) e vibro por antecipação do que ele ainda conquistará. Nossos antepassados merecem!
Um abração para toda a turma da Cátedra que me honra com mais um selo. Com este, Origens se junta aos livros Quem matou o Saci? e O livro que lê gente no lindo catálogo da Cátedra.
Feliz!

quinta-feira, 30 de janeiro de 2020

Dois livros no Catálogo de Bolonha

Dois livros meus foram selecionados pela FNLIJ para, junto com outros, representar a Literatura Infantil e Juvenil brasileira na Feira de Bolonha, um dos mais importantes eventos de literatura infantil e juvenil da galáxia. São eles: Origens (Editora do Brasil), uma parceria com os queridos amigos André Kondo, Eliane Potiguara, Fabio Maciel, Luis Eduardo Matta e Sonia Rosa, e Bichos de Sombras (Estrela Cultural), com minha parceira da vida Cris Alhadeff.
Segue o link:


Saiu o Anuário da AEILIJ 2020!

Olá, gente boa!
Está no ar o novo Anuário da AEILIJ. Este é o sexto anuário que eu edito e traz os livros lançados pelos associados em 2019, além de uma ótima entrevista com o Daniel Munduruku, os últimos ganhadores do Prêmio AEILIJ, a EXPO e mais.
Espero que gostem!

O Anuário AEILIJ 2020 pode ser lido no Issuu, através do link:

Também pode ser baixado, para leitura e impressão, no link:


Agora sou professor de curso de pós-graduação

Foi com alegria que aceitei o convite para lecionar na pós-graduação em Literatura Infantil e Juvenil da Universidade Candido Mendes, com coordenação da professora Cintia Barreto.
Cursei essa mesma pós. Além do título de especialista em LIJ, o curso me possibilitou fazer amizade com pessoas que curtem as mesmas coisas que eu e daí já surgiram trabalhos super bacanas.
O local do curso (o prédio da Candido Mendes) é muito bom, logo ali no centro da cidade. Tem fácil acesso pelo metrô, restaurantes e bares próximos e a feira de antiguidades que acontece todo sábado ali ao lado. Ótimo passeio para a hora do almoço.
Gostei tanto que já estou no Mestrado.
Ah! E saca só o time de feras convocado para o corpo docente.
As inscrições estão abertas!
Informações pelo e-mail professora@cintiabarreto.com.br ou pelo whatsapp 21-9898-56232.


Vem aí!

Billy Conrado, Joaquim de Jeremias e Honaldo, com agá, voltarão em breve...
Este ano sairá uma nova aventura com a turma de "Quem matou o Saci?"

quarta-feira, 18 de dezembro de 2019

quinta-feira, 5 de dezembro de 2019

Mestrado na UERJ


A vida vem em fases. Cabe a nós decidirmos quando cada fase começa. Normalmente é quando a oportunidade surge para chacoalhar uma vontade adormecida. Tendemos a espantar essas oportunidades e nos contentarmos com o conforto da rotina. Longe de mim reclamar das rotinas quentinhas e prazerosas, mas as vezes o bichinho do quero mais fica cantando insistentemente no ouvido da gente e não dá mais para ignorá-lo. Nunca é tarde para investir na nossa formação acadêmica. Nos últimos anos fiz alguns cursos de extensão e em meados do ano passado mergulhei em uma pós graduação em Literatura Infantil na UCAM. A pós já está quase no fim. Foram meses de convívio semanal com amigos queridos, alguns que já conhecia de outras batalhas e outros que fiz no caminho. Tive a sorte de cair em uma turma muito especial.

Mas falarei sobre essa pós em outro post. Esse daqui é para comemorar a minha aprovação para o Mestrado em Teoria da Literatura e Literatura Comparada na UERJ! Passei na prova escrita, projeto de pesquisa e Lattes foram aprovados, passei na arguição com a banca e hoje fiquei sabendo que passei na prova de línguas! Estou dentro!

Uma das maiores aventuras na vida é estudar.

UERJ, me aguarde em 2020, porque estou chegando!

Um agradecimento especial a quem me deu uma força ao longo de todo o processo: Cris Alhadeff, Flávia Côrtes, Karen Acioly e Felipe Campos, vocês são demais! Obrigado!

Origens na Revista Seleções


Origens ganhou uma resenha muito bacana da escritora e jornalista Claudia Nina, publicada agora na Revista Seleções de Dezembro.

A obra, editada pela Editora do Brasil e organizada por mim, traz textos de André Kondo, Eliane Potiguara, Luis Eduardo Matta, Sonia Rosa e Alexandre de Castro Gomes (eu aqui), além das belas ilustrações de Fabio Maciel. O livro conta as sagas das chegadas das famílias desses autores ao Brasil urbano. São origens japonesas, indígenas, libanesas, africanas e portuguesas, cada conto muitas vidas.
A Revista Seleções é a versão brasileira da Reader's Digest, tradicional revista norte-americana, e tem uma circulação média mensal de mais de 110 mil exemplares.

Obrigado, Claudia! Ficou muito legal!

quarta-feira, 4 de dezembro de 2019